Três filmes estreiam nesta quinta nos cinemas de Cuiabá

Três produções chegam aos cinemas de Cuiabá nesta quinta-feira (4). O drama histórico Duas Rainhas, filme estrelado por Margot Robbie e Saoirse Ronan, o super aguardado Shazam!, dirigido por David F. Sandberg e produzido pela New Line Cinema, que promete agradar adultos e crianças, e o documentário brasileiro Mussum – O Filme do Cacilds, que percorre a vida do querido humorista Mussum.
Dirigido por Josie Rourke, que adapta o livro Queen of Scots: The True Life of Mary Stuart, de John Guy, Duas Rainhas relata a disputa pelo trono do Reino Unido, trazendo Robbie como a Rainha Elizabeth I e Ronan como sua prima, que deseja tomar o controle da nação para si.
Com uma tensão crescente, o material evoca uma atmosfera de incertezas, fúria e mágoas e destaca o arrojado trabalho de design de produção, maquiagem e figurino do longa-metragem de época .
Rivais no poder e no amor, e mulheres importantes em um mundo masculino, as duas devem decidir como jogar o jogo do casamento contra a independência. Determinada a governar muito mais do que ser uma figurante, Mary afirma sua reivindicação ao trono inglês, ameaçando a soberania de Elizabeth. Traição, rebelião e conspirações dentro de cada reinado colocam em perigo os dois tronos – e mudam o curso da história, diz a sinopse oficial.
Inspirado na HQ da CD Comics, Shazam! segue as aventuras de Billy, um garoto de 14 que recebe de um mago o poder de se transformar em um super-herói, vivido nas telonas por Zachary Levi. Ele precisa, então, aprender a controlar seus novos poderes e enfrentar o vilão Dr. Thaddeus Sivana (Mark Strong).
Na divulgação da sinopse, a Warner Bros. destaca que todos temos um super-herói dentro de nós, basta um pouco de mágica para colocá-lo para fora. No caso de Billy Batson (Asher Angel), ao gritar uma palavra – Shazam! – esse garoto adotivo de 14 anos pode se transformar no super-herói adulto Shazam, cortesia de um antigo bruxo (Djimon Hounsou).
Ainda uma criança de coração – dentro de um corpo divino e bombado – Shazam se diverte nesta versão adulta de si mesmo fazendo o que qualquer adolescente faria com superpoderes: divirta-se com eles! Ele pode voar? Ele tem visão de raios X? Ele pode atirar raios de suas mãos? Ele pode faltar em seu teste de estudos sociais? Shazam se propõe a testar os limites de suas habilidades com a imprudência alegre de uma criança. Mas ele precisará dominar esses poderes rapidamente para combater as forças mortais do mal controladas pelo Dr. Thaddeus Sivana
Produção nacional
Já na produção brasileira Mussum, Um filme do Cacildis o público irá conferir a trajetória do humorista e sambista Antônio Carlos Bernado Gomes contada de diferentes ângulos. Com direção de Susanna Lira e roteiro de Bruno Passeri e Michel Carvalho, o documentário revela facetas mais sérias da figura que foi eternizada no imaginário popular brasileiro por sua participação no programa Os Trapalhões.
Por trás de sua persona humorística e debochada, Antônio Carlos mantinha uma rotina de responsabilidades com sua família, projetos e compromissos. Essa verdadeira essência é revelada de forma irreverente e com estética gráfica inovadora, nos cenários e na composição visual. O filme conta com a narração do ator Lázaro Ramos e emocionante trilha sonora original do músico Pretinho da Serrinha.
A diretora Susanna Lira lembra que a pesquisa para o documentário foi bastante complexa e realizada em várias frentes e etapas. Enquanto uma equipe entrevistava amigos e familiares, tínhamos uma frente pesquisando acervo de fotos e filmes. Mussum sempre foi o meu trapalhão preferido e narrar sua trajetória foi um grande privilégio.
Segundo ela, era preciso descobrir o homem por trás do personagem. Uma das histórias mais bonitas do documentário é sobre a relação com a mãe. Foi Mussum quem alfabetizou a Dona Malvina. Ela era uma mãe sozinha, empregada doméstica e quando ele entrou para escola passou a ensinar a mãe.(Classificação indicativa 10 anos, contém violência fantasiosa e drogas lícitas.)
CONTÉUDO EXTRA: video

 

Viviane Saggin/Gazeta Digital 
Você pode gostar também