Remo marca nos acréscimos e empata com o Luverdense pela Série C do Brasileirão

O Luverdense acaba de deixar escapar a vitória contra o Remo, no estádio Baenão, em Belém do Pará. O time de Lucas do Rio Verde chegou a abrir o marcador logo aos sete minutos do primeiro tempo e aos noves ampliou. Mas, não segurou o placar, deixou o adversário marcar e empatar na última jogada da etapa complementar.
O time de Lucas do Rio Verde volta a campo no domingo (21), às 16, no estádio Passo das Emas contra o Tombense. Já o Remo pega o Ypiranga no Colosso da Lagoa às 19h, pela 13ª rodada do Brasileirão da Série C.
O Remo começou mantendo os passes de bola e passes pelo campo. Aos sete minutos, Yuri faz enfiada de bola visando Eduardo Ramos, que faz corta-luz e a bola acaba ficando com o goleiro Edson. A brincadeira não foi muito tempo e aos sete minutos, Tozin fez jogada individual pela direita, foi até a linha de fundo, cruzou rasteiro, Anderson Ligeiro apareceu livre na área e só desvia para dentro. 1 a 0, Luverdense.
O Remo trocava passes em busca de uma brecha na defesa do Luverdense, que não fava chances e aos nove minutos, Kauê foi lançado na entrada da área e chutou cruzado, a bola vai no canto esquerdo, sem chances para o goleiro Vinícius. Ramires recebeu a bola, tentou avançar, mas a bola tocau atrás com Eduardo Ramos.
Eduardo Ramos enfiou para Marcão Santana por trás da defesa, Lucão se recupera e dividiu com o atacante azulino, que caiu na área.  O Remo pediu pênalti, mas árbitro faz o sinal para Marcão se levantar. Aos 21 minutos, Anderson Ligueiro arriscou da entrada da área, com força, a bola passou à esquerda do gol.
Marcão lançou Eduardo Ramos no ataque, mas árbitro marca falta do camisa 10 em Lucão, zagueiro do LEC, na dividida. Na cobrança, Emerson Carioca cruza à meia altura, a defesa cortou mal e Fredson finalizou da meia-lua. O Remo mantinha o posse de bola e começava a chegar na área do Luverdense, que agora só se defendia.
Eduardo Ramos fez boa jogada individual na entrada da área, rolou para Emerson Carioca, que avançou, chutou cruzado e bola passou tirando tinta da trave. O Remo melhorou na partida, Vançan encontrou Emerson Carioca no campo de ataque, bateu com força, colocado, mas Edson desviou com a ponta dos dedos. Só foi susto. Fim de primeiro tempo.
Na etapa complementar, em contra-ataque do Remo, Eduardo Ramos avançou pelo meio, tocou por cobertura para Marcão Santana na área, mas o impedimento foi marcado.  Juninho Tardelli foi lançado por trás da defesa do Remo, com liberdade, mas adianta demais a bola e Vinícius ficou com ela.
Alex Sandro fez jogada individual pela direita, invadiu a área e bateu cruzado, mas a defesa afastou e mandou pela linha de fundo. Emerson Carioca avançou em velocidade pela esquerda, se enroscou com jogador do Luverdense e ambos caíram no gramado. O Verdão do Norte seguia mantendo o passe de bola.
Vançan avançou pela esquerda e, da intermediária, lança a bola na área. Edson saiu do gol e ficou com a bola. Gabriel Honório arriscou de fora da área e Vinícius espalmou. A sobra ficou com a defesa do Remo. Anderson Ligeiro dividiu com Yuri e sofreu falta.
O Remo diminuiu o marcador. Na cobrança do escanteio, Marcão subiu mais que todo mundo, desviou de cabeça e Edson não alcançou: 2 a 1. Garré inverteu o jogo para Alex Sandro, na ponta direita. Atrapalhado pela marcação, desviou pela linha de fundo e Luverdense teve tiro de meta. Gustavo Ramos puxou contra-ataque pela direita, foi até a linha de fundo e cruza rasteiro. A bola passou pelo primeiro marcador, mas Helder afasta no segundo pau.
Ramires tentou tabela com Emerson Carioca na entrada da área do Luverdense, mas o passe acabou sendo forte demais. O árbitro deu seis minutos de acréscimos. No último lanche do jogo, Garré alça na área, Fredson desviou no primeiro pau e Eduardo Ramos aparece no segundo para empurrar pra dentro do gol.
Redação Só Notícias (fotos: assessoria)
Você pode gostar também