Órgão recebe denúncia contra a Pabllo Vittar

Pabllo Vittar foi denunciada pelo exercício ilegal da profissão de educador físico. O CREF1 (Conselho Regional de Educação Física), órgão que regula e fiscaliza esse segmento profissional, anunciou, nesta quinta-feira (13), que protocolou uma notícia crime junto ao Ministério Público Estadual contra a cantora.
Segundo o CREF1, várias denúncias foram feitas através de vídeos que mostram Pabllo ensinando exercícios físicos no perfil dela no Instagram. Ainda de acordo com o órgão, a cantora não poderia passar essas instruções sem ser formada na área.
“Após o Conselho Regional da Primeira Região receber muitas denúncias sobre a atuação profissional irregular de Pabllo Vittar, em seu perfil no Instagram, informamos que o CREF1 protocolou uma notícia crime por exercício ilegal da profissão junto ao Ministério Público Estadual”, informou o comunicado.
O orgão ainda reforçou que “conteúdo específico de orientação ou prescrição de treinamento especializado de atividade física é função própria do profissional de Educação Física devidamente registrado no sistema CONFEF/CREF’s, nos termos da Lei Federal 9.696/98”.
Por meio de nota divulgada pela assessoria de comunicação, Pabllo declarou que a denúncia é “infundada e inverídica”.
“A cantora nunca prescreveu, deu aula como profissional ou orientou nenhum treino. A cantora ainda deixa claro no vídeo em questão que não é educadora física e apenas mostra – como tantos outros artistas e influencers – sua rotina de exercícios físicos em suas redes sociais, que também serve como motivação para que seus seguidores procurem hábitos de vida saudáveis”, informou a porta-voz da cantora.
Você pode gostar também