Moradores imobilizam ladrão, o amarram em cadeira e chamam a polícia em MT

Santa Terezinha (MT) está sem viatura da PM desde dezembro de 2018; policiais emprestaram carro da prefeitura. Suspeito foi ouvido e liberado por 'não estar em situação de flagrante'.

Um assaltante foi imobilizado por moradores e acabou amarrado em uma cadeira depois de supostamente ter cometido furtos em uma comunidade rural no município de Santa Terezinha, a 1.329 km de Cuiabá.
De acordo com a Polícia Civil, a situação ocorreu na noite de terça-feira (9) na Comunidade Porto Velho, também conhecida como comunidade do Grilo.
Membros do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) ligaram para a polícia e disseram que um homem foi amarrado por moradores depois de cometer crimes na região.
Assaltante foi imobilizado por moradores e acabou amarrado em uma cadeira em Santa Terezinha — Foto: Divulgação
Assaltante foi imobilizado por moradores e acabou amarrado em uma cadeira em Santa Terezinha — Foto: Divulgação
O suspeito foi encontrado pelos policiais amarrado com cordas em uma cadeira. Ele foi identificado como Juliano de Lima da Rosa, de 33 anos.
Diversas pessoas estavam ao redor do suspeito o vigiando. Os moradores explicaram à polícia que o assaltante estava armado com uma faca no momento em que foi rendido pelas vítimas.
Sem viatura
O Conseg de Santa Terezinha disse ao G1 que o município está sem viatura da Polícia Militar desde dezembro de 2018. Os policiais tiveram que usar um carro oficial cedido pela prefeitura para levar Juliano até a delegacia.
Liberado
Segundo a Polícia Civil, Juliano foi ouvido e liberado por não estar em situação de flagrante. O assaltante chegou a entrar em duas residências na Comunidade Porto Velho. No entanto, ele não conseguiu furtar os locais.
O suspeito, que é usuário de drogas, é apontado como autor de furtos em propriedades rurais às margens da MT-413, de onde furtou combustível e outros objetos que foram trocados por drogas em uma boca de fumo na região.
Outro lado
Em nota, a assessoria da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT) informou ao G1 que os veículos destinados ao interior do estado serão repostos no próximo lote de 200 viaturas que a secretaria receberá.
Afirmou também que a Sesp ‘está equacionando os pagamentos em atraso para receber as novas viaturas e entregá-las em todo o interior’.

 

Por Denise Soares, G1 MT
Você pode gostar também