Mauro diz que Mato Grosso sai fortalecido da COP-26 e rebate ambientalistas

O governador Mauro Mendes (DEM) fez, há pouco, balanço sobre a participação de Mato Grosso na COP-26, na Escócia, e das reuniões realizadas com investidores, representantes internacionais e o governo da Dinamarca. A missão iniciou em 28 de outubro e foi encerrada ontem.

Neste período, Mauro e a comitiva de Mato Grosso participaram de diversas agendas e apresentou as metas alcançadas por Mato Grosso em produção sustentável e conservação do meio ambiente. O Estado é um dos maiores produtores agrícolas e mantém 62% do território preservado.

Mauro rebateu a fala de ambientalistas e apontou que ao contrário do que é falado, houveram ações concretas durante o encontro. Entre as ações, o governador salientou a preservação de florestas, e diminuição de emissões de carbono. “A frase deles vale para eles mesmo, muita falação e pouca ação concreta”, disse.

O governador ainda ponderou que a meta ousada de Mato Grosso para atingir a neutralização do carbono até 2035 foi bem recebida em muito setores no encontro. A proposta de grande parte dos outros países é alcançar a meta até 2050“Mato Grosso é um estado que hoje produz muito e faz isso de maneira muito sustentável”. “A nossa proposta difere da grande parte dos países do mundo a fora até mesmo dentro do Brasil”, salientou.

Ainda segundo o chefe do executivo, esta e outras metas são traçadas em cima de um conjunto de pilares que já estão sendo implementados em Mato Grosso há anos, tanto pelo governo, quanto pela iniciativa privada. “Nós não estamos falando de algo que vamos começar a fazer, e sim de um conjunto de 12 pilares e ações e praticamente todas elas já estão sendo desenvolvidas”.

Mauro ainda salientou que outro ponto destacado na COP foi o potencial do Estado, que sendo um dos maiores produtores de alimentos no mundo, tem 62% do território preservado. “Ficou muito claro, nas intervenções que a Mauren (secretária de Estado de Meio Ambiente) e outros fizeram, que nós somos a região do planeta, isso foi muito bem cravado, que mais produz alimento e respeita o ambiente”. “Eu desafiei e continuo desafiando, não existe região do planeta que produz tantos alimentos e tem 62% do seu território preservado. Então isso é espetacular, tem que ser dito lá fora, por nós”.

Em instantes, mais detalhes

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo – atualizada às 11h34)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leave a comment
Whatsapp
Home
Fofocas
Ao vivo
scroll to top