Luana Piovani e Pedro Scooby continuam brigando publicamente após a separação

Terminar um casamento nunca é fácil, mesmo quando a decisão foi de comum acordo. Sempre haverá arestas a serem aparadas, principalmente quando há filhos menores envolvidos, o que exige regulamentação de visitas e pensão.
Todas essas pontas soltas devem ser resolvidas pelo ex-casal, seja em acordos verbais ou em decisões judiciais. O que não é saudável é fazer isso publicamente.
No caso de Luana Piovani e Pedro Scooby, que estão separados há um ano, o que vemos ocorrer é o oposto do ideal. Luana já deu show quando Scooby namorou Anitta, acusou o pai de seus filhos de não visitar as crianças, criticou a escolhida, vibrou quando o relacionamento dele acabou, mostrou seu novo boy nas redes e não se cansa de espinafrar Scooby nas redes sociais.
Nesta segunda-feira (23), Luana mostrou que está desanimada e não quer saber de treinar. Mas cansada de causar ela nunca está. Em menos de uma semana disse que Scooby era “surfista e irresponsável” e reclamou da falta de pagamento de pensão, que estaria atrasada, assunto que deveria tratar diretamente com o ex. Scooby aproveitou para também vir a público esclarecer que ajustou a pensão para um valor que acha justo e aguarda uma decisão judicial para determinar o quanto pagar aos filhos.
“O assunto é chato demais, mas em respeito às muitas mulheres e mães que me seguem aqui eu vou falar. Eu me separei em março do ano passado. Desde então nunca houve um juiz ou ninguém que falasse que o valor certo era tanto para eu dar para os meus filhos. Eu dava o valor que a mãe deles falou que queria. Eu nunca parei de dar, mas eu passei a dar um valor justo que meus filhos precisam. Sempre estive presente na vida deles… Nunca abria mão de nada para eles. Existe um juiz para isso, um cara que trabalha, que sabe exatamente o que eu tenho que dar para as crianças. Enquanto isso, vou continuar depositando, nunca deixei de depositar, vou continuar depositando um valor justo que eu acho para as crianças. Enquanto isso, vai estar correndo na Justiça. Espero continuar podendo ver as crianças. Assunto muito chato, mas eu devia uma explicação. Eu apoio tanto essa causa, nunca encostei um dedo numa mulher. Não mais falar sobre esse assunto. Luana que me desbloqueie no WhatsApp e a gente converse como dois adultos”.
A quem interessa? Só aos dois. Eles que realmente conversem como adultos e parem de dar barraco nas redes sociais.
Você pode gostar também