Grêmio para na marcação do Juventude e empata no Alfredo Jaconi pela Copa do Brasil

O Grêmio empatou nesta quarta-feira com o Juventude por 0 a 0 no Estádio Alfredo Jaconi pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil. Mesmo que tenha tido mais posse de bola, o Tricolor Gaúcho não conseguiu transformar em gols. Por outro lado, o Alviverde soube se defender bem, mas teve dificuldade no setor ofensivo e pouco assustou a meta de Paulo Victor.
Um novo resultado de igualdade leva a decisão da vaga para as penalidades. Quem vencer no tempo normal avança as quartas de final da competição.
A partida de volta está marcada para o dia 29, quarta, às 21h30(de Brasília), na Arena. Pelo Brasileiro, o Grêmio recebe no sábado o Atlético-MG, às 19h(de Brasília), na Arena, pela sexta rodada da competição. No mesmo dia o Juventude visita o São José-POA, às 18h(de Brasília), no Passo D´Areia, pela quinta rodada do Grupo B da Série C.
Os visitantes tem mais posse de bola no início de partida, enquanto os donos da casa adotam uma postura mais recuada e apostam nas jogadas de contra-ataque. Aos 09, Aprile avançou pelo lado esquerdo sem marcação, vai ao fundo e cruzou na medida para Denner. O meia finalizou, mas Paulo Victor faz defesa tranquilidade.
Com o passar do tempo, os mandantes começam a se soltar para o ataque. Os comandados de Renato Portaluppi tocam a bola de um para o outro, porém encontram dificuldades de entrar na defesa do Alviverde. Aos 26, John Lennon, lesionado, foi substituído por Dalberto.
Passado 30 minutos de jogo e até agora nenhuma chance de gol para as duas equipes. O confronto foi de muita marcação no meio-campo e as defesas prevalecem sobre os ataques. Finalmente o Tricolor Gaúcho criou duas boas chances de abriu o placar. Aos 36, após chegada de Matheus Henrique pela esquerda, o volante encontrou Léo Moura livre do outro lado. O lateral rolou para Everton que finalizou no cantinho, mas Carné se esticou todo mandando para escanteio. Dois minutos depois, Léo Moura cortou a marcação pela direita e levantou na área. André escorou e a bola se ofereceu para Capixaba, livre, quase na pequena área, cabeceou por cima do gol.
A etapa inicial foi marcada pelo equilíbrio com o Juventude conseguindo conter o Tricolor Gaúcho. Já o Grêmio levou mais perigo a meta de Marcelo Carné apenas em duas oportunidades.
Disposto a vencer a partida, o Grêmio foi com tudo para cima do Alviverde no início do segundo tempo. Com 01 minuto, Juninho Capixaba arrancou pela esquerda, passou pela marcação e cruzou. André não alcançou na segunda trave e desperdiçou a chance. Aos 04, Maicon entrou na área, penteou e cruzou. Alisson correu atrás da sobra e finalizou rasteiro, mas Carné segurou firme.
Bem fechado na defesa, o Alviverde tentou nas jogadas de velocidade surpreender a equipe gremista. Na tentativa de furar o bloqueio defensivo do Juventude, os jogadores do Grêmio arriscam chutes de longa distância. O atacante Everton tem dado bastante trabalho aos defensores do Juve.
Após uma intensidade inicial, o Tricolor Gaúcho diminuiu o ritmo e já tem dificuldade de pressionar o Alviverde. Aos 22, Alisson tabelou com Léo Moura, vai no fundo pela direita e cruzou. André pulou para o lance, na área, e reclamou de ter sido puxado na área. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro recebeu aviso do comunicador sobre a revisão do lance e mandou o lance seguir.
Na reta final o técnico Renato Portaluppi resolveu ousar e colocou o atacante Pepê no lugar de Alisson. Por sua vez, o time da Papada tentou atacar, porém todas as tentativas fracassaram. Apesar de tentativas, o Grêmio não conseguiu tirar o zero do placar.
Gazeta Esportiva (foto: Arthur Dallegrave/ECJuventude)
Você pode gostar também