Em luta divertida, Anderson Silva perde para nigeriano e fã do lutador

Spider, como é chamado o lutador de MMA Anderson Silva foi vencido por um fã, na madrugada este domingo (10), no UFC 234, em Melbuorne, Austrália. O nigeriano Israel Adesanya, mais novo e mais rápido, levou vantagem e venceu o ídolo.
Depois de dois anos sem lutar, Anderson Silva voltou ao octógono em numa noite especial. A diferença da idade entre os lutadores e a ausência das competições por parte de Anderson podem ter feito a diferença no resultado.
Apesar dos dois lutadores serem peso-médio, a agilidade do nigeriano Israel Adesanya era nítida, talvez pelos 14 anos a menos. A esquiva de Anderson Silva o manteve na luta e ajudou muito. Ele não se deixou abater.
A luta durou três rounds e foi decidida pelos juízes. Adesanya se manteve invicto e após a luta se declarou ao ídolo. “É como se eu estivesse jogando basquete com Michael Jordan”, disse Israel, em lágrimas, após o anúncio da vitória, segundo o site do UFC.
Os dois se provocaram de forma divertida em alguns momentos, incrementando o show da última e mais aguardada luta do evento. “Esse esporte é difícil, a categoria é difícil, mas eu continuo a lutar porque isso é minha vida”, disse Spider. Anderson foi o primeiro atleta na história do UFC a participar de 20 lutas principais da organização.
Você pode gostar também