Criminoso procurado é morto em Guarantã após novo confronto policial

O comandante do 15° Comando Regional da Polícia Militar de Peixoto de Azevedo o Tenente Coronel James Rodrigues acaba de nos confirmar o óbito de Geraldo Rodrigues Filho (49 anos).
O fato aconteceu agora pouco, cerca de 30 km após Guarantã do Norte, sentido estado do Pará, em um novo confronto com os policiais. O suspeito teria trocado tiros com a guarnição de Guarantã do Norte, momento em que foi alvejado pelos policiais.
Geraldo é o autor de um duplo homicídio, cometido no dia 24 de dezembro, na região da feirinha do Bairro Aeroporto, em Peixoto de Azevedo.
Ex-presidiário, suspeito de cometer vários outros homicídios, considerado um criminoso perigoso e sangue frio. Com ele foi localizado uma espingarda, um revolver, uma faca grande, punhal, estilingue e varias munições, alem de vários relógios e celulares.
O mesmo já havia entrado em confronto com a guarnição da Polícia Militar ontem a noite, por volta das 22hrs, em Peixoto de Azevedo, onde deu-se início a um forte esquema de perseguição, o qual durou até agora.
A Operação que durou quase 24 horas contou com o trabalho de vários policiais, que atuaram com várias viaturas da Polícia Militar de Peixoto de Azevedo, Terra Nova do Norte, Matupá e Guarantã do Norte, as motocicletas do CAR, viaturas da Força Tática e um helicóptero da Ciopaer de Sorriso.

 

Por: Claudia Godinho
Você pode gostar também