Close

Autor de roubos em Castanheira é preso pela polícia civil de Juína

Nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, dia 25 de outubro, a polícia judiciária civil da cidade de Juína, no noroeste de Mato Grosso, cumpriu um mandado de prisão em desfavor de um suspeito de praticar vários roubos no município de Castanheira.

Durante a ordem judicial os policiais efetuaram a prisão do investigado de 34 anos.

O delegado titular da delegacia municipal de Juína, doutor Marco Bortolotto Remuzzi, contou em entrevista que durante o mês de setembro vários roubos ocorreram no munícipio de Castanheira, e através de um trabalho de investigação realizado pela polícia civil foi descoberto o autor dos delitos que também acumula outras passagens por crimes cometidos na região.

Conforme o delegado Marco Remuzzi as quatro vítimas de roubos foram intimadas, no entanto, apenas uma compareceu na delegacia municipal de Juína, mas mesmo assim os investigadores tiveram exito em elucidar os crimes, identificando o autor, que teve o pedido de prisão preventiva representado pelo delegado Remuzzi sendo cumprida durante a manhã de hoje.

Os policiais civis saíram em diligência até o município de Castanheira, onde localizaram o suspeito e também uma arma em sua residência que foi apreendida e ao ser questionado sobre a procedência da arma, ele não respondeu, e a arma foi apreendida e encaminhada para a delegacia.

A arma é uma espingarda de pressão adaptada e não possui registro e nem numeração, e devido se enquadrar no artigo 12 da lei 10.826, que em muitos casos pode ser arbitrada fiança ao portador, entretanto, devido o suspeito ter em seu desfavor um mandado de prisão preventiva, descarta-se a possibilidade do pagamento de fiança, onde ele passará por exames de corpo de delito e será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade de Juína ainda hoje.

O delegado de polícia Marco Remuzzi destacou a importância de as pessoas registrarem boletins de ocorrências nos casos de roubos e furtos, sendo que dessa forma facilita o trabalho dos investigadores que mesmo com um número baixo de efetivos na região vem realizando um trabalho de investigação e retirando de circulação indivíduos que insistem em infringir a lei.

Após os procedimentos policiais na delegacia, Edilson Da Silva Oliveira foi encaminhado ao CDP, e ficará à disposição da justiça.

 

 

Juína News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leave a comment
Whatsapp
Home
Fofocas
Notícias
Ao vivo
scroll to top