Mulher leva 14 facadas, não resiste e morre dentro do Samu

Leidiane Aparecida Morais de Souza, 27 anos, morreu após ser atingida por 14 facadas em uma rua, no bairro Alvorada, em Ribeirão Cascalheira (900 km a Leste de Cuiabá). O suspeito do crime está foragido.
De acordo com as informações, uma testemunha estava em casa, quando por volta das 6h de quinta-feira (13), começou a ouvir gritos de uma mulher, que pedia por socorro.
Quando saiu na porta de casa, encontrou a vítima caída, coberta de sangue. O agressor estava com uma faca em punho, usando um capacete e uma camisa de listras.
Após desferir 14 facadas na mulher, ele subiu em uma motocicleta vermelha e fugiu por rumo ignorado.
As polícias Civil e Militar foram acionadas, bem como a ambulância de um hospital local.
Quando o socorro chegou, Leidiane ainda apresentava sinais vitais, mas não resistiu e morreu antes de chegar à unidade de saúde.
Segundo a polícia, a mulher estava em uma motocicleta, que ficou caída na rua, ao lado de seus pertences pessoais.
A reportagem do GD entrou em contato com a Polícia Civil da cidade, mas foi informada de que as investigações estão em andamento e que, por isso, não poderia divulgar maiores informações.
Também não foi confirmado se o suspeito foi identificado.
O caso está sendo tratado como feminicídio, tipificação para morte de mulheres ocasionadas por violência doméstica ou discriminação de gênero.

 

 

Yuri Ramires/Gazeta Digital 
Você pode gostar também